30 opções de lanches saudáveis

Alterne 30 opções de lanches saudáveis com menos de 100 calorias. Aposte na variedade para não deixar a dieta cair na mesmice. Essas receitas foram tiradas de um curso de marmita fitness.

Fazer lanches no meio da manhã e da tarde é essencial para quem quer perder peso. “Esse hábito mantém o metabolismo equilibrado e controla o apetite até a próxima refeição, evitando a compulsão”, afirma a nutricionista Roseli Rossi, da Clínica Equilíbrio Nutricional, de São Paulo.

Mas, para manter-se bem nutrido é essencial que o petisco não seja rico em calorias, sódio e gordura saturada ou trans, e ainda que tenha os nutrientes para manter a saúde em dia.

alimentos fitness

O ideal é compor essa refeição com um carboidrato (como as torradas e os pães integrais ou uma fruta), uma proteína (presente no queijo, no peito de peru e nos iogurtes, por exemplo) e gorduras boas (encontrada nas sementes oleaginosas). Esses alimentos têm bom valor nutricional e evitam os picos glicêmicos, que atrapalham o emagrecimento. Confira abaixo uma lista com trinta lanchinhos saudáveis e com poucas calorias. Que tal inclui-los na dieta?

Cenouras baby com molho

Cenouras baby com molho – Oito cenouras baby com molho de iogurte desnatado

“É bom não exagerar na quantidade de molho para não engordar o prato”, recomenda a nutricionista Roseli. Ela garante que as cenouras são ricas em carotenoides e antioxidantes, que auxiliam na saúde da pele, combatem o envelhecimento e a formação de radicais livres. Oito cenouras baby têm 20 calorias e 100 gramas do molho aproximadamente 60.

Pão sírio com queijo

Sanduíche de pão sírio integral com ricota

O sanduíche com meio pão sírio integral e uma fatia de ricota tem menos de 93 calorias. E as vantagens não param por aí: esse lanche é rico em fibras, carboidratos e proteínas. “Além de dar energia, os carboidratos integrais têm baixo índice glicêmico, e por isso, dão mais saciedade”, explica a nutricionista Maria Lucia Tafuri.

Maçã assada com canela

A maçã – que tem em média 95 calorias – é uma das frutas mais ricas em fitoquímicos benéficos à saúde, como a quercetina, um antioxidante que ajuda na prevenção do câncer, melhora a circulação, diminui o colesterol e o nível glicêmico. “Além disso, sua casca é fonte de pectina, uma fibra que ajuda a regular o intestino e oferece mais saciedade. E a canela pode ajudar no emagrecimento, uma vez que acelera o metabolismo, sem adicionar calorias ao doce”, afirma a nutricionista Roseli.

Estudo feito pela American Cancer Society, ainda mostra que comer uma maçã por dia diminui as chances de câncer colorretal. Isso acontece porque essa fruta é rica em flavonoides, antioxidantes que impedem os radicais livres de causar danos às células.

Iogurte desnatado com mel

Uma unidade de iogurte desnatado com uma colher de sopa de mel tem aproximadamente 90 calorias. Além de ser rico em cálcio e excelente para a saúde dos ossos. “O iogurte é um excelente probiótico, ou seja, ele ajuda na formação e manutenção da flora intestinal. O mel, por sua vez, dá energia e fortalece o sistema imunológico”, explica Roseli Rossi.

Amêndoas

14 amêndoas

As amêndoas têm fibras que ajudam o trânsito intestinal e dão saciedade. A nutricionista Roseli explica que essas sementes são também ricas em gorduras insaturadas, que ajudam a proteger o coração, além de ser fonte de cálcio, que mantém a saúde óssea e auxilia nas contrações musculares. Uma porção com 14 unidades tem apenas 90 calorias e zero gordura saturada, aquela que faz mal à saúde, mas nem por isso deixa de ser gordurosa.

A porção sugerida tem 11% dos valores de gorduras totais recomendados por dia, então, fique atento!

Sorvete light, frozen de iogurte desnatado e picolé de frutas

Uma bola de sorvete light tem, em média, 90 calorias. Mas a redução do número de calorias não melhora a qualidade das gorduras. “O ideal é optar pelo frozen de iogurte desnatado, que tem os benefícios e as calorias do ingrediente base da receita, ou até pelo velho picolé de fruta, que tem entre 50 e 100 calorias por unidade”, afirma Roseli Rossi.

Bolacha água e sal com cottage

Comer duas bolachas integrais de água e sal é uma boa alternativa para um lanche entre as refeições. “O queijo cottage também pode ser usado como acompanhamento”, diz Rosana Farah, da Sociedade Brasileira de Alimentação e Nutrição.

A bolacha integral dispensa a farinha refinada, o que mantém as quantidades de vitaminas, minerais e fibras dos cereais no pão, tornando-o bastante nutritivo. Mesmo que também tenha carboidratos, as fibras contidas nele evitam a sensação de fome precoce. Esse lanche tem apenas 50 calorias.

Barra de cereal de morango com chocolate

Por ser fácil de carregar na bolsa, esse lanche é ótima opção para quem tem que fazer lanches fora de casa. “A barrinha contém fibras, minerais, como cálcio e potássio, além de algumas vitaminas”. O valor calórico varia entre as marcas, mas a média é 100 calorias.

Iogurte com gelatina diet

A forma mais comum de gelatina utilizada na alimentação tem um conteúdo calórico nada desprezível, o equivalente a cerca de 100 calorias por taça de 100g.

Mas as versões diet e light são praticamente isentas de calorias e podem ser muito úteis na elaboração de sobremesas com baixo valor calórico, podendo ser consumidas na sua forma tradicional, com sabores de frutas ou utilizadas para dar consistência a mousses ou pudins, ideal para quem pretende manter a forma ou perder alguns quilinhos. Confira a nossa receita que adiciona somente 25 calorias à sua dieta.

Torrada com patê de atum

Assim como a versão enlatada do peixe, o patê de atum é rico em ferro, potássio, fósforo, magnésio e zinco, minerais que protegem o sistema cardiovascular e aumentam a imunidade. “O atum também é rico em ômega-3, que diminui o risco de doenças cardiovasculares, é indicado no tratamento da obesidade, tem ação anti-inflamatória, é aliado da memória, do tratamento de depressão e prevenção de Alzheimer”, diz a nutricionista Flávia Morais, da rede Mundo Verde. Uma unidade do petisco tem cerca de 70 calorias.

Pão sueco com queijo cottage

Comer uma fatia de pão sueco (30 calorias) com uma colher de sopa de queijo cottage (30 calorias) é outra opção saudável de lanche com 60 calorias. “O pão sueco pode fornecer fibras que facilitam a digestão e dão a sensação de saciedade.

Já o queijo cottage é rico em cálcio e proteínas, além de ser menos calórico que outros tipos de queijo”, explica a nutricionista Rosana.

Pão de batata light

Com 95 calorias por unidade, também tem espaço para esse pãozinho na dieta. Mas tome cuidado para não exagerar.

Pão doce light

Com frutas e adoçante na receita, essa delícia agrega nutrientes e poucas calorias à dieta. A unidade tem 94 calorias.

Pão com requeijão light

Um clássico do cardápio brasileiro, o pão com requeijão pode ser saudável se feito com pão e requeijão light. Uma fatia de pão light com uma colher de sopa de requeijão light têm 88 calorias. Mas preste atenção ao rótulo do alimento, já que o valor energético costuma variar entre as marcas.

  • Sódio: 141 mg
  • Gorduras: 3,24 g
  • Fibras: 0,56g

Salada de frutas

Ela faz parte de qualquer dieta, mas muita gente acaba adicionando componentes, como leite condensado, açúcar e mel, que acabam engordando a sobremesa. O ideal é escolher as frutas que você gosta e aproveitar os benefícios delas. O Minha Vida sugere a medida de um copo pequeno com banana, maçã, laranja e mamão bem picadinhos.

  • Calorias: 79 calorias
  • Sódio: 1,85 mg
  • Gorduras: 0,32 g
  • Fibras: 2,85 g

Torrada com geleia diet

Apesar de ser feita a partir de frutas, a adição de açúcar é o grande perigo das geleias. O único nutriente que ela fornece são os carboidratos. São 14 gramas para cada 20 gramas do quitute.

A melhor opção é a geleia diet que apresenta uma quantidade menor de açúcar. Uma colher de sopa de geleia diet de morango tem 25 calorias. Ela fica uma delícia com duas torradas integrais, totalizando 95 calorias.

  • Carboidratos: 20 g
  • Sódio: 120 mg
  • Gorduras: 1,2 g

Pão persa com patê de ricota

Essa modalidade de pão lembra uma torrada, já que vem em generosas fatias finas e bem durinhas.

Cai muito bem com molhos e patês. Tente um de ricota, que tem só 40 calorias por colher de sopa. Duas folhas do pão com uma colher de sopa do patê têm 70 calorias, 83 mg de sódio, 4,93 gramas e 0,6 gramas de fibras.

Bolo de Banana Diet

Com apenas 70 calorias por porção, esse bolo cabe na dieta. Além de contar com os nutrientes da banana, ele leva canela em pó, que praticamente não tem calorias e ainda é termogênica, ou seja, ajuda a acelerar o metabolismo e gastar calorias.

Leite desnatado com cereal light

Uma xícara de chá de leite desnatado e meia xícara de chá de cereal matinal têm, juntos, aproximadamente 100 calorias. Além disso, o leite é um ótimo aliado de quem quer prevenir a osteoporose, já que é fonte de cálcio, mineral responsável pela saúde dos ossos. O cereal matinal se responsabiliza pelo fornecimento de energia para o corpo.

  • Gorduras: 0,9 mg
  • Fibra: 1,2 g
  • Sódio: 180 mg

Damasco seco Cinco unidades de damasco seco

As frutas desidratadas tradicionais, como o damasco, podem ser tão saudáveis quanto as frutas frescas. Segundo trabalhos apresentados no 30º Congresso Mundial de Castanhas e Frutas Secas em maio de 2011, elas estão entre os principais alimentos ricos em potássio e ainda são fonte de antioxidantes, vitaminas e minerais.

Eles alertam, entretanto, que açúcares e outros nutrientes estão mais concentrados nas frutas desidratadas e que a porção ingerida deve levar em conta o peso da água eliminada. Mas, comendo com moderação, dá para adicionar poucas calorias à dieta. Cinco unidades têm 50 calorias, 0,39 g de gorduras e 6,24 g de fibras.

Suco de laranja natural sem açúcar

Um copo pequeno, além de refrescante, tem 95 calorias. Lembre-se de não demorar muito para tomar o suco. Ele é rico em vitamina C, nutriente que em contato com o oxigênio, ela oxida e perde parte das propriedades. Gorduras: 0,66 gramas Fibras: 0g Sódio: 0g

Bolo de abóbora com coco

Além de saboroso, esse bolo tem uma boa quantidade de fibras, que melhoram o funcionamento do intestino e ajudam a dar saciedade. Cada pedaço tem 90 calorias e cerca de dois gramas de fibras.

  • Carboidratos: 2 g
  • Gorduras: 4,5 g
  • Fibras: 2 g

Suco de uva energético

A uva é fonte de substâncias ativas como as catequinas, os flavonoides e os carotenos. Ela protege nossas células, evitando o envelhecimento precoce. A beterraba contém um tipo de nitrato que nitrato reduz o consumo de oxigênio e, portanto, desacelera o ritmo do processo que leva ao cansaço. Já o guaraná light te dá energia para o dia a dia.

Confira a receita de 89 calorias que leva esses ingredientes.

  • Calorias: 89,3
  • Carboidratos: 21,7 g
  • Gorduras: 0,3 g

Banana assada com canela

Rica em potássio, fibras e vitamina A, B6 e k, a banana maçã conta com 60 calorias. O potássio ajuda a prevenir cãibras, já que é importante para o processo de contração muscular.

Uma pesquisa da Universidade das Filipinas mostrou que comer banana também ajuda a combater insônia, graças a grande quantidade de vitaminas que ela contém. A canela não adiciona nenhuma caloria à sobremesa e ainda é termogênica, ou seja, aumenta o metabolismo e estimula o gasto calórico.

Pera

Rica em potássio, fósforo, ferro, vitamina A e C, a pera é uma fruta bastante acessível, tanto pelo preço como pela facilidade de encontrá-la. Por ter a casca muito fina e não muito resistente, ela não é uma boa escolha para comer fora de casa.

Além disso, segundo um estudo realizado pelo Instituto de Medicina Social do Rio de Janeiro e publicado no Journal of Nutrition, comer três peras por dia ajuda a eliminar os quilos extras. Os pesquisadores associam o emagrecimento à baixa quantidade de calorias da fruta e à sensação de saciedade que ela promove.

Aposte nela e adicione apenas 50 calorias à dieta.

Iogurte desnatado com uma colher de sopa de semente de gergelim

As sementes oleaginosas, como a de gergelim guardam grandes quantidades de ácidos graxos monoinsaturados. Lançando mão dessas substâncias, elas ajudam na prevenção de doenças relacionadas ao coração – como o infarto, por exemplo.

O sistema é eficiente: as sementes contribuem para o controle os níveis de triglicérides, do colesterol total bem como o colesterol ruim (LDL). Uma colher de sopa tem 18 calorias, e 0,23 gramas de gorduras saturadas. Já o iogurte desnatado tem, em média, 60 calorias.

Frutas secas e Frutas desidratadas

Atualmente existem no mercado pacotes de frutas desidratadas fáceis de levar para qualquer lugar e não tão calóricos. A vantagem é que esse petisco mantém os nutrientes da fruta fresca, mas o número de calorias dobra, então a dica é moderar. O menos calóricos é o abacaxi seco, que tem cerca de 75 calorias em 50 gramas.

10 pistaches

Além de ótimas para serem levadas para qualquer lugar, 10 unidades dessas sementes contêm apenas 90 calorias e uma boa quantidade de gorduras insaturadas, que têm propriedades anti-inflamatórias que protegem o sistema cardiovascular.

A sua dieta vai agradecer o aumento da saciedade e a melhora do trânsito intestinal. “Isso acontece porque as fibras fazem uma limpeza no intestino, evitando a prisão de ventre”, explica a nutricionista Maria Lucia Tafuri Garcia, presidente da Sociedade Brasileira de Gastronomia e Nutrição. Mas é preciso atenção ao escolher esse tipo de oleaginosa, já que ela também tem gordura saturada (0,92 gramas em 10 unidades).

  • Gorduras totais: 7,26 g – 13,2 % dos valores diários

Kiwi com chocolate meio amargo

O lanche pode ser ideal para o dia em que der vontade de comer uma guloseima.

O kiwi diminui as chances do aparecimento de doenças, como câncer, além de impedir o envelhecimento da pele, segundo um estudo feito pela Universidade de Tóquio.

O efeito ocorre graças à grande quantidade de antioxidantes que a fruta oferece. Um kiwi tem 45 calorias. Já 10 gramas de chocolate meio amargo tem cerca de 50 calorias e contém substâncias antioxidantes que protegem o coração.

Para saber mais sobre o curso das receitas, veja o vídeo:

Oito maneiras de desenvolver hábitos saudáveis

Nossa saúde é, talvez, a coisa mais importante em nossas vidas. Mas infelizmente, muitos de nós resistimos a mudanças porque não estamos acostumados a elas.

Nós não gostamos de mudar as coisas nas nossas vidas porque não gostamos da ideia de sair das nossas zonas de conforto.

Somos apegados aos nossos hábitos, afinal de contas! Criar hábitos leva tempo De acordo com pesquisas recentes, uma pessoa leva, em média, 21 dias para criar um hábito.

Isto é um longo tempo, se pararmos para pensar a respeito. Contudo, esta ideia nós leva a refletir: como criamos os hábitos que temos atualmente? Eles também se formaram ao longo de 21 dias, ou há alguma outra explicação para eles?

Na verdade, é bem simples: tais hábitos foram construídos em cima da chamada “zona de conforto”. Eles permitem que exerçamos um pequeno esforço para conseguir um ganho comparativamente maior.

Assim, podemos pedir “fast foods” porque elas dão conforto instantâneo e satisfazem a fome, mesmo estando completamente conscientes do efeito delas na nossa saúde e bem-estar.

Por outro lado, cozinhar para si demanda tempo, esforço e até mesmo um pouco de “erro e tentativa” – especialmente quando a cozinha é novidade para você.

O resultado é que você satisfaz sua fome, mas com muito mais esforço. E é exatamente esta a base sobre a qual construímos maus hábitos.

Todavia, isto não significa que nós não podemos mudar! A mudança requer apenas um pouco de consciência e esforço no sentido de superar os mais hábitos.

Logo abaixo, encontra-se uma lista de mudanças simples que qualquer pessoa pode aplicar a fim de criar e manter um estilo de vida mais saudável.

Oito maneiras simples de desenvolver hábitos saudáveis

habitos saudaveis

1-Beba mais água

Muitos profissionais de saúde recomendam que as pessoas bebam, pelo menos, dois litros de água por dia.

Neste caso, a estratégia é ter uma garrafa de água com bom gosto e que tenha zero aditivos, açúcares entre outras coisas que causam dano à saúde.

É mais saudável e seguro, manterá a sede e a fome sob controle e evitará o consumo de outros líquidos ou até mesmo de calorias.

2- Mantenha o foco no que está ao seu alcance

Se, por qualquer razão, não for possível caminhar ou correr 3 quilômetros por dia, procure manter o foco naquilo que você PODE fazer.

Para começar, em vez de pedir pizza e esperar em casa, considere a possibilidade de caminhar até o mercado, fazer suas compras e cozinhar sua refeição.

Ou talvez você possa optar em ir para o trabalho de bicicleta em vez de dirigir. Procure pensar em estratégias como estas e determine o que você PODE fazer todos os dias para ser mais saudável.

Lembre-se de focar no que pode ser feito e não nas desculpas e porquês do que não pode ser feito.

3- Pare de criar pretextos

As pessoas criam muitos pretextos para explicar porque não são saudáveis. Pode ser por causa de uma condição médica, ou talvez algo esteja aparentemente fora de controle.

Mas tudo isso não passa de desculpas. Em vez de criar pretextos e desculpas, novamente, devemos procurar focar nas pequenas mudanças que podem ser feitas a fim de melhorar a qualidade de vida.

4- Diminua o tamanho das porções de alimentos

Nós usualmente comemos o suficiente para chegar à satisfação. Contudo, muitos sentem como se houvesse espaço para mais alimentos. Infelizmente, isso leva a desordens alimentares e ganho de peso.

Para consertar este problema, diminua as sua porções – mesmo que seja apenas um pouco.

Se o teu costume é comer duas coxas de frango e duas colheres de arroz no jantar, tente comer menos arroz e, talvez, apenas uma coxa de frango por exemplo.

5- Seja mais consciente com as suas refeições

Muitas pessoas se obrigam a comer porque precisam de energia.

Comem barrinhas de cereal e tomam shakes de proteína durante o dia enquanto mastigam montes de frutas imaginando que está é a maneira mais saudável de manter os bons níveis de energia.

Entretanto, quando não se está focado nas sensações de fome ou saciedade, as escolhas que se faz para equilibrar as reservas energéticas do organismo tendem a consumir muito mais calorias do que o desejado.

6- Adicione exercícios a sua rotina

Exercícios e uma boa garrafa d’água são indispensáveis! Exercitar-se pode significar dar uma volta no quarteirão após o jantar.

Pode ser um bom alongamento enquanto você assiste televisão ou simplesmente limpar a sua casa com mais regularidade.

Qualquer tipo de movimento ou esforço físico de qualquer tipo vai ser bom para o organismo. E quanto mais for feito, melhor.

Comece devagar, se for preciso. Faça o que puder e como puder, mas seja consistente. Seu desejo de aumentar os “treinos” crescerá naturalmente.

7- Deixe de preguiça

Retire os “atalhos” da sua vida. Se você vive colocando “lanchinhos” em pontos estratégicos da casa e do trabalho, coloque os vasilhames com lanches mais longe de você. Assim, você precisará de mais esforço para conseguir pega-los.

Se você vai de ônibus ou de carro para o trabalho, a despeito de ser uma caminhada de apenas 15 minutos, comece a sair de casa sem dinheiro ou sem passe para se obrigar a andar.

Se você pensar a respeito, você provavelmente encontrará um monte de pequenas coisas que você pode fazer para que fique mais difícil ter preguiça.

8- Substitua os maus hábitos

Troque os tira-gostos fritos por opções pouco gordurosas, livre-se dos açúcares substituindo-os por frutas e explore opções alimentares com baixo teor de açúcar e de sal.

Existem diversos substitutos que podem oferecer a mesma satisfação com menos calorias e mais ingredientes bons para a saúde em vez de ingredientes nocivos.

Ideias finais

Estas são apenas algumas ideias rápidas. No entanto, se você colocar esforço real diário nos seus hábitos alimentares e na forma como você vive a sua vida você provavelmente irá encontrar diversas coisas que pode e deve mudar para melhor.

Comece por baixo e monitore sua consistência, bem como seus resultados. Com o tempo, seus maus hábitos serão substituídos por hábitos bons.

Conhece mais dicas ou truques para desenvolver hábitos saudáveis? Compartilhe aqui através da ferramenta de comentários! Ajude outras pessoas a se tornarem mais saudáveis!

Suco de couve com gengibre para emagrecer

É verdade que ela não é muito popular no nosso dia a dia, por causa do sabor forte, mas a couve é extremamente saudável e pode ficar uma delícia ao ser misturada com gengibre e laranja em um suco detóx, e uma forma saudável de emagrecer com urgência.

As qualidades do gengibre já foram discutidas aqui no Blog Vale Saúde e nós já te mostramos até como fazer um delicioso suco de limão com gengibre. Como a raiz é um alimento termogênico, ela ajuda a emagrecer e também facilita a digestão.

A novidade nessa receita fica por conta da couve, que é uma fonte de cálcio e também tem propriedades anti-inflamatórias e cicatrizantes. Como se essas características não fossem suficientes, a planta também ajuda no combate à celulite e ajuda a queimar gorduras.

Para completar a receita, a laranja acrescenta vitamina C ao suco e também deixa o sabor ainda melhor. O preparo é muito simples: coloque duas laranjas descascadas e sem sementes no liquidificador, junte um pedaço de gengibre e duas folhas de couve sem talo e bata com um litro de água.

Você só precisa coar bem o suco e servir com gelo para ficar mais gostoso e refrescante. Se você quiser outras dicas de alimentos para emagrecer, encontre um nutricionista.

Frutas que ajudam a emagrecer

Na busca por um corpo mais saudável e belo, algumas pessoas acabam procurando soluções aparentemente mais fáceis em remédios e dietas polêmicas. Mas, existe um jeito mais seguro de emagrecer, e é muito mais simples do que você imagina: basta comer frutas.

frutas para emagrecer

Mas não é qualquer fruta, pois, apesar de saudáveis, algumas delas também contêm muitas calorias, enquanto outras são mais leves e têm nutrientes específicos que estimulam a queima de gordura, ou que ajudam a matar a fome e a manter o foco na dieta.

A laranja é um bom exemplo, pois é rica em fibras que regulam o intestino e, consequentemente, facilitam a eliminação da gordura ingerida. A banana também faz parte do grupo de frutas ricas em fibras, além de conter um tipo de amido que reforça a sensação de saciedade e ajuda no controle da fome.

Para variar o cardápio e enriquecer a alimentação, as oleaginosas também são uma ótima opção – as castanhas, nozes e amêndoas fazem parte desse grupo. Apesar de conterem mais calorias do que as frutas citadas anteriormente, elas são ricas em gorduras boas e mantêm o bom funcionamento do organismo.

Apesar de todos os benefícios que uma alimentação saudável oferece, também é importante praticar exercícios físicos para queimar calorias.

Óleos essenciais para dores, quais são os indicados e melhores?

Já ouviu falar de óleos essenciais? Eles são altamente indicados para pacientes que sentem dores crônicas para alívio e controle dos sintomas de uma enfermidade. Os óleos essenciais possuem propriedades analgésicas e anti-inflamatórias, que utilizados regularmente podem ser realmente eficazes para cada tipo de problema.

Geralmente, os óleos essenciais são absorvidos pelo organismo através dos poros da pele e consequentemente no sangue, permitindo alivio imediato e evitando a área digestiva. Quando absorvido, promove controle da dor e da inflamação no local.

Óleo essencial para dores nas articulações e musculares

oleos essenciais

Muitas podem ser as causas para dores nas articulações. A artrite, por exemplo, é uma das causas campeãs de sensibilidade nas articulações do corpo. Geralmente, os sintomas mais comuns são:

  • Inchaço,
  • Flexibilidade diminuída,
  • Rigidez
  • Dor
  • Juntas ósseas estalando ou fazendo barulho.

Como os sintomas são incômodos, geralmente o paciente recorre a analgésicos para alívio imediato. Mas os óleos essenciais não prejudicam o sistema digestivo e não interferem na pressão arterial.

Os músculos também sofrem hoje em dia, visto que muitas pessoas acabam optando por um estilo de vida mais sedentário e praticam pouco exercício físico.

Qual é o melhor óleo essencial para dores nas articulações e sinergia para dores musculares? Vejamos uma lista de:

  • Óleo essencial para dor na coluna
  • Óleo essencial para dor de dente
  • Óleo essencial para dor nas pernas
  • Óleo essencial para bursite
  • Óleo para dor nas costas

Alecrim quimiotipo cânfora

O alecrim cânfora é um excelente analgésico e relaxante muscular. Ao sofrer contração muscular ou dores crônicas nas articulações, o alecrim cânfora proporciona alívio quase que imediato para esse tipo de problema.

Para quem sofre de dor nas costas ou nas pernas, recorrer ao alecrim quimiotipo cânfora é uma das melhores opções para obter alívio rápido.

Uma única observação é que ele não e recomendado para mulheres gravidas ou lactantes, nem deve ser administrado em crianças menores de 06 anos de idade.

Chá Montês (Wintergreen)

O óleo essencial chá Montês é excelente para quem sofre de tendinite. Esse óleo é um analgésico natural, que é conhecido por muitas pessoas como “aspirina natural”. O chá Montês é muito conhecido por suas propriedades: analgésicas, anti-reumáticas e anti-sépticas.

Ele é um excelente aliado no combate a luxações, problemas musculares, tendinites, bursites, artrites, mialgia, ciática e reumatismo. É também usado para tratar gripes, resfriados e dores de cabeça.

A única observação nesse caso é que pacientes alérgicos ao ácido acetilsalicílico, grávidas, lactantes e crianças menores de 6 anos não podem usá-lo.

Eucalipto azul

O Eucalipto azul já pode ser usado por grávidas, lactantes ou crianças. Tem os mesmos benefícios dos óleos essenciais mencionados acima e é menos invasivo, já que não precisa ser administrado via oral, como outros remédios para dor.

Muitos pacientes que sofrem com dores de dente fazem bochechos com o eucalipto azul e sentem a diferença no alívio quase que imediato da dor.

A capacidade analgésica do óleo essencial eucalipto azul para o alivio de dores crônicas é imbatível. Aliado ao óleo essencial de arnica alivia muito as dores nas pernas ou musculares.

Óleo de Sucupira

O óleo de Sucupira é um dos melhores óleos essenciais quando se trata de alívio de dores e sintomas de doenças crônicas. Esse óleo é extraído da casca e noz da árvore Sucupira, encontrada em regiões serranas do Brasil.

Confira abaixo a imensa lista de problemas crônicos que podem ser aliviados com o uso do óleo de Sucupira:

  • Úlcera
  • Gastrite
  • Aftas
  • Amigdalites
  • Asma
  • Dores
  • Artrite
  • Artrose
  • Dor nas Costas
  • Gota
  • Reumatismo
  • Dermatoses
  • Diabetes
  • Vermes intestinais
  • Prevenção da Esquistossomose (barriga d’agua),
  • Inflamações de um modo geral.

Até mesmo pacientes que sofrem de câncer de próstata já constataram benefícios com o uso do óleo de sucupira como aliado ao tratamento, pois o mesmo inibe as células cancerígenas. Veja mais informações neste site: //www.oleodesucupira.net/

Se você está sofrendo com dores crônicas, não deixe de experimentar esses óleos essenciais – potencial anti-inflamatório, analgésico e benéfico para sua enfermidade. Às vezes, essa é a solução que você tanto procurou, com a diferença que o tratamento é 100% natural.

Certas frutas podem reduzir o risco de disfunção erétil

Comer mais mirtilos, frutas cítricas, maçãs e cerejas pode reduzir o risco de um homem para a disfunção erétil (DE).

Em um estudo recente, os homens que comeram uma dieta rica em um vegetal chamado flavonoides foram 14% menos propensos a desenvolver disfunção erétil do que aqueles que não seguiram essa dieta.

Os flavonóides são antioxidantes encontrados em muitas frutas e legumes. Eles ajudam a aliviar a inflamação e impulsionar o sistema imunológico. Morangos, peras, amoras, rabanetes e groselha são outras boas fontes de flavonoides. Certos chás, ervas e vinho também são.

O estudo, publicado em janeiro pelo American Journal of Clinical Nutrition, envolveu mais de 25.000 homens com idades entre 40 e 75 anos. Os homens eram participantes do Estudo de Acompanhamento dos Profissionais de Saúde e forneceram informações sobre sua dieta e função erétil durante um período. de dez anos.

No início do estudo, nenhum dos homens tinha DE. Mas com o tempo, 36% desenvolveram.

Os homens que comeram uma dieta rica em flavonoides eram menos propensos a ter DE, descobriram os pesquisadores.

Suplementos a base de maca peruana tem benefícios que ajudam o homem na disfunção erétil também, por isso tem sido muito buscado por homens e mulheres.

Para conhecer um deles, e melhorar sua saúde sexual visite: //tratandoimpotencia.pro/como-engrossar-o-penis/

Os flavonoides podem ser bons para a saúde dos vasos sanguíneos, sugeriram eles. E como as ereções dependem do fluxo sanguíneo para o pênis, esse fator pode contribuir para a redução do risco de DE.

Consumir mais flavonoides também tem sido associado com menor risco de diabetes e doenças cardíacas, duas condições que são comuns em homens com disfunção erétil.

Os homens preocupados com as ereções não devem apenas assumir que comer mais bagas ajudará, no entanto. É importante que os homens com disfunção erétil realizem um exame médico completo, já que a DE pode ser um sinal de outros problemas médicos, como diabetes e doenças cardíacas.

Para uma ajuda com um creme veja este vídeo:

Como Perder Até 5 kg Muito Rápido

A gordura encontrada em nosso corpo não aparece durante a noite, mas resulta de meses ou anos de desequilíbrio alimentar e estilo de vida sedentário pode fazer com que isso ocorra. Yara souza uma das nossas leitores, me desculpe, mas eu não acredito que você perdeu 7 kg em 6 dias ainda mais adquirindo “líquidos, você queria dizer isso”.

emagrecer rápido

Eu pratico e publico artigos no meu Blog e os jejum constantemente e a dicas de perder aproximadamente 7 kg eu tive que ficar 12 dias sem comer nada, apenas bebendo água, de modo que você disse que é balela, você está mentindo para si mesmo, por que para emagrecer assim é complicado. Pense nisso, se você descobriu uma maneira de perder peso sem ser forçado a seguir essa dieta horrível para perder a barriga, e sem ter que passar horas em uma esteira ou precisa tomar drogas viciantes, você gostaria de saber mais? Então continue lendo.

Especialistas Partilham Suas Opiniões Sobre Perda De Peso

Embora pareça mágica, a dieta não pode ser feita regularmente, médicos e nutricionistas indicam que esta dieta pode ser feita por 3 dias apenas no intervalo de 3 meses, de forma que ela tenha sido desejada e que seu corpo não entre em efeito. A maneira de preparar o suco Noni emagrecedor não é usar um liquidificador, mas usar um espremedor de batatas ou uma peneira para separar a polpa da fruta sem quebrar as sementes, que se quebradas podem liberar substâncias nocivas aos rins ao fígado. De acordo com especialistas, cada semente quebrada é tóxica para os hormônios vegetais que devem ser evitados.

Ainda não há certeza sobre os efeitos benéficos da fruta para o corpo, a Anvisa proibiu a comercialização de substâncias que contenham produto na fórmula, até que a segurança de seu consumo tenha sido comprovada. Os benefícios da fruta Noni para a saúde são muitos onde ajuda você a emagrecer mesmo, e nesta matéria mostraremos informações sobre as vitaminas, minerais e efeitos benéficos que têm sido amplamente divulgados na internet, como remédios caseiros contra várias doenças e também receitas, além do correto maneira de remover a polpa para o consumo de frutas.

Outra coisa importante para acelerar o tratamento e prevenir novas infecções é melhorar a imunidade descansando e usando própolis no chá, ingerindo mais cogumelos e até mesmo iogurte natural e kefir, isso ajuda a curar a candidíase naturalmente como tratamento caseiro, incluindo durante a gravidez começar a praticar, você remarca seu corpo para utilizar a reserva de gordura, como fonte de energia, literalmente alimentando a gordura o tempo todo e isso faz você perde a massa magra, torna-se algo normal em seu corpo. Leia mais sobre emagrecimento no blog Ponto Diário.

Como branquear dentes com remédios caseiros e rapidamente

 escovando os dentes

Todos nós queremos que nossos dentes pareçam brancos e imaculados a cada vez que mostramos nosso lindo sorriso, mas às vezes eles podem ter um tom amarelado para o café, bebidas escuras e muitas outras coisas. Mas não se preocupe, pois existem várias maneiras de clarear os dentes de casa para restaurar sua cor natural.

É verdade que existem tratamentos dentários que deixam os dentes mais brancos do que brancos e muito brilhantes, mas estes podem ser muito caros e prejudiciais aos dentes; É por isso que lhe diremos tudo o que você precisa saber sobre manchas e como clarear os dentes sem danificar o esmalte e a casa .

Por que meus dentes não parecem brancos?

A primeira e mais importante coisa que você deve saber antes de aprender a clarear os dentes é que uma prótese 100% branca não existe, embora pareça com celebridades. Aquela sombra mais branca que o próprio branco é falsa e só pode ser conseguida com dentes de clareamento dental que podem danificar os dentes.

Os dentes são determinados pelo nosso componente genético, e seu tom natural e saudável é geralmente um pouco amarelado. Esse tom é dado pela dentina e depende da espessura do esmalte que tem uma ou outra tonalidade. Além disso, tenha em mente que a cor nos dentes não é totalmente homogênea, mas ter uma superfície porosa pode adquirir diferentes tonalidades.

Por outro lado, os dentes são corados devido àquelas porosidades que armazenam traços da comida que consumimos e, portanto, sua cor. É importante que entendamos isso pela hora de procurar como clarear os dentes. Às vezes, basta simplesmente parar de incluir alimentos que escurecem os dentes ou escolher alimentos que limpam os dentes.

Quais são os alimentos que escurecem os dentes?

Um truque para identificá-los é a sua cor escura. Se você quiser saber como branquear os dentes naturalmente, limitando o consumo dessas bebidas e alimentos, você está dando um primeiro grande passo para isso.

Estes alimentos escurecem os dentes devido à sua cor escura e penetrante e porque a sua acidez enfraquece o esmalte, fazendo com que tenha mais porosidades. Assim, bebidas escuras, como café, chá preto, mate e refrigerantes; alimentos acidificantes, como frutas cítricas, gorduras, açúcares ou carne; e alguns hábitos como fumar ou má higiene dental são os inimigos para branquear os dentes.

Mas nem tudo é ruim, e como você verá em nossas dicas sobre como clarear os dentes, há alimentos que, ao contrário, ajudam a manter os dentes limpos. Maçãs, morangos, cenouras, aipo, peras, pepinos, espinafre, alface e brócolis são alimentos que criam uma película protetora e ajudam a clarear os dentes naturalmente.

Como clarear os dentes em casa

Com estes truques que lhe daremos abaixo, os dentes branqueando naturalmente e em casa serão muito simples, e você poderá sorrir livremente.

  1. Morangos limpam os dentes

Os morangos são perfeitos para clarear os dentes devido ao seu alto teor de ácido málico, um agente natural de branqueamento, e devido à quantidade de vitamina C, que remove a placa bacteriana.

De que forma? Há muitas maneiras de usar morangos para clarear os dentes. Você pode cortar os morangos ao meio e passar suavemente a polpa por todos os dentes. Você também pode colocar um punhado de morangos no liquidificador e misturar até o purê. Em seguida, lave os dentes com o purê de morango e com a ajuda de uma escova de dentes.

  1. bicarbonato de sódio

Um dos grandes benefícios do bicarbonato de sódio é seu poder de branqueamento, tanto na pele quanto nos dentes. Se você quiser saber como clarear os dentes rapidamente, o bicarbonato de sódio é a resposta. Seu efeito abrasivo remove manchas dos dentes rapidamente, além de excesso de placa bacteriana e bactérias.

Como? Misture 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio com algumas gotas de limão espremido na hora. Quando estiver pronto, seque bem os dentes com a ajuda de uma bola de algodão e escove os dentes com a pasta. Deixe agir por apenas 1 minuto e retire com água em abundância.

É muito importante que você não deixe a pasta por mais de 1 minuto, assim como você só pode usar este truque uma vez por semana, porque se você exceder, o bicarbonato pode corroer o esmalte.

Dica: Você também pode misturar a pasta de bicarbonato com o purê de morango. Você terá uma sensação melhor em seus dentes.

  1. Cascas de frutas

Outra maneira de clarear os dentes é usar as cascas de laranja ou banana, para os componentes ácido cítrico e ácido salicílico, respectivamente.

Como? Pegue a casca da laranja ou da banana e esfregue-a nos dentes, esperando que a parte interna da casca, isto é, a parte branca, seja a que você esfrega nos dentes. Depois de meia hora, lave os dentes para que o ácido nos frutos não danifique o esmalte. Você pode repetir esse truque todos os dias.

  1. Óleo Vegetal

Para saber como branquear os dentes naturalmente, você não pode perder este truque muito usado pelas antigas civilizações da América: o petróleo. O que faz é limpar completamente os dentes, removendo bactérias e detritos que se acumularam nas porosidades do esmalte.

De que forma? A única coisa que você precisa fazer é colher uma colherada de óleo vegetal orgânico e mantê-lo na boca o máximo de tempo possível, ou o que seu paladar irá suportar. Em seguida, lave com bastante água e vá embora.

  1. peróxido de hidrogênio

Outro método muito simples para como clarear os dentes rapidamente é usando água oxigenada. Mas não se esqueça que isso deve ser muito diluído e de baixo volume (máximo 10%), para que não seja prejudicial, pois é um produto muito abrasivo.

Como? Você só tem que misturar 2 colheres de chá de peróxido de hidrogênio de volume máximo de 10% em 1 copo de água. Seque bem os dentes e umedeça um cotonete completamente com água. Passe-o através de todos os seus dentes, esfregando suavemente. Assim que terminar, enxágue bem a boca com bastante água.

Agora que você sabe como clarear os dentes em casa, use esses truques para restaurar os dentes ao tom natural e para mostrar aquele belo sorriso!

 

A disfunção erétil significa que um homem é infértil? Existe uma conexão entre disfunção erétil e infertilidade?

Quando se trata de disfunção erétil, a primeira preocupação que geralmente surge é se isso afeta sua capacidade de ter filhos no futuro. Uma preocupação compreensível, mas isso também é preocupante com um problema comum ou há algum mérito nisso?

Tratar a disfunção erétil ou ejaculação precoce (gozar rápido) ?

A disfunção erétil é uma condição comum na sociedade que afeta homens com mais de 60 anos, mas não é mais uma doença restrita aos idosos. Várias etiologias diferentes podem causar incapacidade de atingir e manter uma ereção. Doenças sistêmicas, como hipertensão, diabetes e insuficiência cardíaca, podem causar bloqueios vasculares para evitar que o sangue se acumule no pênis. Estresse excessivo ou depressão podem ser fatores psicológicos que também se manifestam como disfunção erétil.

O Viagra pode representar uma solução rápida para este problema subjacente, mas pode falhar e os pacientes recorrem a muitas vitaminas e suplementos dietéticos para a disfunção erétil.

Como vimos nos artigos anteriores, Alguns dos suplementos naturais para a disfunção erétil podem se beneficiar, já que o DHEA aumenta a libido e a L-arginina oferece ajuda para a disfunção erétil e pode ser usada para ajudar a melhorar as ereções, mas elas não são completamente confiáveis.

Neste artigo, vamos explorar a ligação entre disfunção erétil e infertilidade. A questão é: a disfunção erétil significa que um homem é infértil?

O que é infertilidade?

A infertilidade é uma doença comum na sociedade e é tradicionalmente um termo usado para descrever casais que geralmente têm relações sexuais desprotegidas sem a capacidade de conceber um filho após um período de um ano.

Se uma mulher tiver mais de 35 anos, esse limite será estendido para um limite de 6 meses antes de se tornar problemático. Quando as razões para a infertilidade são analisadas, elas são frequentemente multifatoriais e podem ser causadas por anormalidades tanto masculinas quanto femininas, que podem impedir a fertilização adequada e a implantação do óvulo.

A infertilidade é um problema para 1 em 6 casais e é geralmente devido a uma das seguintes quatro categorias:

  • Idade avançada
  • Baixa qualidade ou contagem de sêmen
  • Mudanças no comportamento sexual
  • Eliminação de tabu

A infertilidade não é um problema que depende exclusivamente de parceiros do sexo feminino, e cerca de 50% dos casos de infertilidade manifesta são devidos a problemas derivados de homens. É prematuro simplesmente generalizar o problema e dizer que isso se deve a uma contagem de espermatozóides baixo porque isso é apenas um fator em cerca de 2 por cento dos casos. Infertilidade do ponto de vista do sexo masculino é através de uma combinação de baixas concentrações de esperma, baixa mobilidade do esperma , e morfologia anormal de esperma.

O mais comum em todo o mundo é devido a doenças infecciosas com maior probabilidade de serem vistas em países do terceiro mundo. No entanto, até 10% dos casais são inférteis, o que significa que cerca de 5% dos homens são atualmente inférteis.

Felizmente, devido a uma melhor compreensão da saúde e prevenção de doenças infecciosas por meio de contracepção, a taxa global de infertilidade masculina diminuiu em 15 por cento na última década.

A ligação entre infertilidade e disfunção erétil

Quando um paciente é diagnosticado com disfunção erétil, há também uma boa chance de ele ser infértil. O ponto crítico a ser lembrado, no entanto, é qual é a causa dessa disfunção erétil e se é algo reversível.

Em um estudo que examinou a ligação entre hipotireoidismo, disfunção erétil e infertilidade, 24 pacientes que sofrem de hipotireoidismo foram comparados com 66 pacientes que não tinham problemas de hipotireoidismo.

No final do estudo, os pesquisadores determinaram que os pacientes que sofrem de hipotireoidismo tinham mais do que o dobro de probabilidade de experimentar disfunção erétil e tinham parâmetros de sêmen significativamente mais fracos em comparação com os pacientes do grupo controle.

Essa conclusão indica que a disfunção erétil e a infertilidade são comorbidades e que frequentemente coexistem de mãos dadas. No entanto, se um paciente tomar medicação para corrigir sua disfunção tireoidiana, a contagem de espermatozóides, a motilidade espermática e a disfunção erétil também serão corrigidas.

Seu desequilíbrio hormonal causa um problema de perda de peso?

Muitas vezes, minha consulta inicial com os clientes representa um último lance de dados para eles. Eles investiram seu tempo em uma variedade de dietas diferentes e gastaram seu dinheiro em uma variedade de truques diferentes.

Naturalmente, as empresas que operam nesse ambiente preferem assim. Eles não querem que você pense que você e seu vizinho são diferentes uns dos outros e podem exigir uma abordagem diferente. Eles não querem que você se pergunte se você deve comprar essas pílulas de dieta “milagrosas” produtos como quitoplan“pense que você é magro”. Não, porque se você pensou assim, pode parar de seguir as massas e começar a procurar o que funciona melhor para você. E se você encontrá-lo, você está perdido como cliente para sempre.

No entanto, uma coisa que a indústria de perda de peso (e a indústria médica, na realidade) não leva em conta são as diferenças no equilíbrio hormonal que existem entre nós. Hormonas, produzidos a partir da hormona palavra grega (que significa “posto em movimento”) são produzidos por várias glândulas endócrinas em todo o corpo, tais como o da tiróide, glândulas supra-renais, testículos / ovários e do pâncreas.

Eles funcionam como mensageiros químicos, desencadeando respostas específicas nos locais de recebimento. Os hormônios ditam nosso humor, nossas respostas às lesões e até nossa capacidade de estacionar um carro.

Um desequilíbrio de alguns hormônios pode tornar a perda de peso particularmente difícil. Nesse sentido, dois hormônios se destacam como obstáculos comuns. A primeira, a insulina, é um hormônio peptídeo liberado pelo pâncreas em resposta à ingestão de carboidratos.

Ativa os receptores GLUT4 nas células, o que os estimula a absorver glicose no sangue. Esse mecanismo evita aumentos perigosos nos níveis de açúcar no sangue que estão relacionados com o dano dos vasos sanguíneos tantas vezes visto em diabetes tipo I .

Como está o problema da perda de peso em relação à insulina?

Problemas ocorrem em muitas pessoas quando começam a secretar insulina em excesso. Insulina excessiva faz duas coisas; Primeiro, estimula o armazenamento de energia através das células do corpo, principalmente na forma de triglicérides nas células adiposas subcutâneas.

Em segundo lugar, inibe as ações de uma enzima chamada lipase sensível a hormônios, um dos fatores mais importantes na quebra da gordura armazenada, de modo que ela pode ser queimada pelo fígado ou pelos músculos. Em resumo, a insulina excessiva faz com que você ganhe peso.

A liberação excessiva de insulina pode ocorrer como uma resposta medida do corpo devido a uma dieta muito rica em carboidratos, especialmente quando a ingestão envolve uma grande quantidade de carboidratos refinados e açúcares.

Também pode ocorrer devido à resistência à insulina, que pode ocorrer progressivamente como resultado de alterações na sensibilidade das células. As duas causas principais são a perda de sensibilidade celular, que pode ser devida a uma oferta insuficiente de óleos ômega 3 durante um período de tempo, bem como a uma regulação negativa da atividade de GLUT4 que vem de um alúvio contínuo de insulina. que acompanha medicamentos de alto valor agregado. A obesidade também causa resistência à insulina.

A melhor maneira de combater tais problemas envolve uma restrição imediata e significativa de hidratos de carbono dietéticos, juntamente com uma generosa oferta de óleos omega-3 (tais como os encontrados na semente de linhaça e peixes), que pode ajudar a reduzir produção de insulina e melhorar a sensibilidade celular, respectivamente. O reabastecimento de reservas de iodo no corpo também melhora a sensibilidade celular e pode desempenhar um papel importante nesse processo.

Cortisol: o principal agressor no bloqueio hormonal do processo de queima de gordura

O outro agressor principal no bloqueio hormonal da queima de gordura é o cortisol. O cortisol é um hormônio esteróide produzido pelas glândulas supra-renais em resposta ao estresse.

Tem vários efeitos no organismo, incluindo a manutenção dos níveis de açúcar no sangue, a redução da inflamação e a coordenação dos ciclos de sono / vigília. No entanto, também aumenta a resistência à insulina e ativa enzimas lipogênicas (armazenamento de gordura). Dr. Robert Kapolsky cobriu as ligações entre estresse e ganho de peso em seu livro “Por que as zebras não têm úlceras?” Mas, essencialmente, a mensagem é que o cortisol engorda.

A ligação entre os níveis de cortisol e o excesso de peso é tão forte que os estudos mostram correlações quase perfeitas entre os níveis séricos de cortisol e a composição corporal.

Exercícios ideais para o seu trabalho

Diferentes exercícios são recomendados para cada profissão, atividade física é fundamental para se sentir bem. Aqui apresentamos os exercícios de acordo com o seu trabalho:

Profissões estressantes

Recomenda-se fazer exercícios cardiovasculares.

  • Bicicleta de montanha
  • Fiação
  • Escada rolante
  • Alpinista

Está provado que a realização desses exercícios gera endorfinas a partir de 20 minutos. Produz uma sensação de bem-estar e alivia a dor.

Muitas horas sentado

Recomenda-se o fortalecimento dos exercícios.

A remada dorsal seria um exercício ideal, pois fortalece homens e braços.

Muitas horas de pé

Se você passar muitas horas em pé no trabalho, recomenda-se fazer burpees. Exercício do Q48 para iniciantes.

O exercício começa, colocando os pés na mesma largura dos homens, depois eles colocam as mãos no chão em posição de agachamento para esticar imediatamente as  pernas para trás.

Este exercício é recomendado para circulação.

De pé e em muito movimento

Exercícios de halteres. Colocando um haltere do mesmo peso em cada lado.

Desta forma, o fluxo sanguíneo é equalizado e o peso ajuda a área lombar, bem como o movimento.

Ao fazer esses exercícios, você se sentirá melhor e sua qualidade de vida melhorará. Estes são os exercícios ideais para o seu trabalho.

10 exercícios contra o estresse

Girl in canoe

Não há remédio melhor para manter o estresse à distância do que a atividade física. Com esta série de exercícios que você pode realizar em qualquer lugar e a qualquer momento, você tirará a tensão do seu corpo. Tudo que você precisa é disciplina e muito desejo de assumir o controle de sua vida.

1. Para soltar o pescoço suavemente: Incline a cabeça para frente e para trás, em direção a um ombro e ao outro. Faça voltas com a cabeça para um lado e outras para fazer círculos com o nariz.

2. Para relaxar os ombros:  Levante-os, abaixe-os e gire-os um de cada vez e simultaneamente. Gire a cabeça e o pescoço. Relaxe os ombros e deixe a cabeça cair para frente, com o queixo apoiado no peito. Então, gire lentamente a cabeça em círculos, sem esticar o pescoço. Repita este procedimento cinco vezes. Em seguida, relaxe e gire na direção oposta, novamente cinco vezes.

3. Para os braços: levante os braços acima da cabeça, com os dedos entrelaçados e as palmas voltadas para cima. Estique seus braços tanto quanto puder; fique assim por cerca de 10 segundos. Relaxe e repita este procedimento cinco vezes.

4. Para os braços e costas: entrelace os dedos das mãos entre eles e estenda os braços para a frente do corpo, gire as palmas para a frente, como se estivesse empurrando o ar.

5. Para as mãos: gire os pulsos para os dois lados. Estenda um braço na frente do seu corpo com a palma virada para cima; Puxe os dedos para baixo, longe da palma da mão, mantenha 10 segundos e repita com o outro lado. Agite as mãos como se estivesse espirrando água.

6. Para as pernas: sentado em frente a uma mesa, empurre-se com as mãos contra ele e estique as pernas; contrair e estender os pés várias vezes e girar os tornozelos.

Pé, encostada à mesa ou parede frontal, um pé para a frente e a flexão do joelho, perna esticada volta, mudança e fazer o mesmo com o outro (que prende pelo menos 10 segundos e no máximo 30).

Sentado ou de pé, estica simultaneamente as pernas e os braços; relaxa e se alonga algumas vezes.

7. Alongamento da perna: agachamento, com as palmas das mãos apoiadas no chão, levante o joelho esquerdo até o peito e estenda a perna direita o mais para trás possível. Abaixe suavemente o tronco, o mais próximo possível do chão. Fique assim por cerca de 10 segundos. Relaxe e repita este procedimento cinco vezes com cada perna.

8. Para a coluna: Sentado em uma cadeira, relaxa a coluna para frente, afrouxando a cabeça entre as pernas e pendurando os braços. Suba e desça devagar. Coloque as mãos atrás do pescoço e coloque os cotovelos para baixo e o queixo no peito, respire nessa posição tentando soltar. Relaxe a mandíbula.

A partir da posição sentada, gire o tronco lentamente para um lado e o outro, como se quisesse olhar para trás, girando todo o tronco. Mantenha seus braços soltos.

9. Alongamento para as costas: Deitado no chão de costas e com os pés apoiados no chão, recolha os joelhos o máximo que puder e empurre suavemente a parte inferior das costas para o chão. Fique assim por 10 segundos. Relaxe e repita este procedimento cinco vezes.

10. Para os olhos:  abra-os e feche-os com força. Pegue os olhos em diferentes direções, para cima, para baixo, para um lado e outro. Junte os pontos como se estivesse fazendo círculos com a vista . Finalmente, massageie suavemente com as pontas dos dedos ao redor dos olhos. Esfregue uma palma firmemente contra a outra, segure-a perto dos olhos e deixe descansar por um momento. Abra devagar os olhos e tire as mãos.

A ordem dos exercícios é indistinta. Você pode executar tudo ou aquele que você mais gosta. O importante é fazê-las conscientemente e constantemente, para que você possa ver resultados satisfatórios.

Se o seu desejo sexual diminui, isso está acontecendo com você

Até um terço das mulheres adultas podem sentir falta de desejo sexual , de acordo com um estudo do Centro de Medicina Sexual do Sheppard Pratt Health System . Situação que é causada por fatores físicos e emocionais.

A maioria dos casos de falta ou baixo desejo sexual tem sua origem nos problemas da dinâmica do casal, abnegação do direito ao prazer e papéis de gênero estereotipados que associam a possibilidade do gozo erótico com o mau “, indica David Barrios Martinez , sexólogo clínico de caleidoscopia AC .

Se você percebeu que você não sentir vontade de ter relações sexuais com seu parceiro, o seu corpo não responde ao toque ou pensamento de fazê-lo faz com que você ansiedade , surpresa ou preocupação, você tem que saber as razões pelas quais isso pode esgueirar-se em torno de ir em . Aqui alguns deles.

1. Contraceptivos afetam você

Tomar contraceptivos , como remendos ou pílulas, pode estar alterando seu desejo sexual pelas substâncias que eles contêm. E é isso de acordo com um estudo da Universidade-Hospital de Tuebingen , as mulheres que as usam são mais propensas a ter uma  baixa libido , do que aquelas que não o fazem.

2. Você sofre de alterações hormonais

Se você já está na fase transitória da menopausa, os especialistas da Core e Delírios indicam que os níveis de estrogênio diminuem durante esse período e, ao mesmo tempo, há uma queda na produção de testosterona , um hormônio que estimula a libido. E isso causa a falta de desejo sexual.

3. Você está muito estressado

Quando você se sente constantemente cansado, estressado e ansioso, você não intencionalmente afeta seu desejo sexual , diz National Health Services . O mais grave é que você pode transformá-los em um círculo vicioso: o estresse diminui libido , então você tem menos sexo, o que por sua vez causa estresse no parceiro.

4. Seu relacionamento não satisfaz mais você

Pesquisadores da Universidade de Guelph indicam , com base em um estudo, que as mulheres relatam níveis mais baixos de desejo sexual à medida que seus relacionamentos avançam com o tempo. Isto é devido, eles explicam, para que depois de muitos anos a monotonia “mata” a paixão.

5. Você tem muita dor de cabeça

Você sente constantemente dores de cabeça ou enxaquecas? Bem, isso também está machucando você no sexo. A causa é que qualquer dor crônica afeta a libido e a excitação, e isso acrescenta que as enxaquecas geram ansiedade ou depressão , outros fatores que diminuem o desejo sexual.

O que pode fazer?

Além de evitar a maioria dos fatores mencionados, você também deve se exercitar . Os pesquisadores da Mayo Clinic dizem que com isso você melhora sua auto-estima, aumenta seu humor, reduz o estresse e, portanto,aumenta o desejo sexual . Lide com 30 minutos por dia.

Terapia cognitivo-comportamental pode beneficiar transtorno hipersexual

Um pequeno estudo descobriu que a terapia cognitivo-comportamental pode ser uma maneira útil de tratar o transtorno hipersexual.

Pessoas com transtorno hipersexual têm pensamentos excessivos sobre sexo que podem levá-los a agir impulsivamente e assumir riscos sexuais sem pensar nas conseqüências de suas ações. Esses pensamentos e ações são frequentemente uma resposta ao estresse, depressão ou ansiedade. (Nota: Transtorno hipersexual não inclui parafilias – excitação sexual de objetos que não são tipicamente considerados excitantes).

A terapia

A terapia comportamental cognitiva é um tipo de psicoterapia que visa ajudar os pacientes a se tornarem mais conscientes de seu pensamento e desenvolver maneiras construtivas de reagir a comportamentos desafiadores. É frequentemente usado para tratar pacientes com depressão, ansiedade e abuso de substâncias.

No estudo, 10 homens na Suécia (idade média: 39 anos) com transtorno hipersexual participaram da terapia cognitivo-comportamental em grupo. Eles aprenderam sobre controle de impulsos, mindfulness e gerenciamento de estresse. Alguns homens participaram de 7 sessões; o restante compareceu 10. Todos os questionários preenchidos sobre o seu progresso.

Durante o período de terapia, os homens relataram menos sintomas hipersexuais e exibiram menos “comportamentos sexuais problemáticos”. Cerca de 93% compareceram à terapia regularmente e muitos ficaram satisfeitos com o tratamento.

Como o tamanho da amostra era pequeno, os autores alertaram que seus resultados eram apenas preliminares. Futuros estudos envolvendo mais pessoas e um grupo de comparação são necessários antes que a terapia possa ser recomendada para o transtorno hipersexual.

O estudo foi publicado online em junho no Journal of Sexual Medicine.

Recursos

The Journal of Sexual Medicine

Hallberg, Jonas MSc et al.

“Uma intervenção do grupo de terapia cognitivo-comportamental para o transtorno hipersexual: um estudo de viabilidade”

(Full-text. Publicado online: 8 de junho de 2017)

PsychCentral

Martin, Ben, Psy.D.

“Profundidade: Terapia Comportamental Cognitiva”

(Última análise: 17 de julho de 2016)

A sexualidade feminina e o clitóris

estimulante sexual da mulher

As mulheres também tem um! O Clitóris

Caros amigos, esta pode ser uma área onde devemos admitir que as mulheres nos derrotaram. Elas tem um órgão dedicado somente ao prazer, e nada mais. Sim, o clitóris. Sabemos por acaso como ele é? Bem, nem todos sabemos, seguramente.

Você pode saber que os bebês varões e mulheres começam idênticos, e que o pênis provém do mesmo tecido no feto que o clitóris – na verdade é a presença de testosterona no bebê varão a que causa que este tecido de desenvolva em um pênis. Imagine-se com toda sensibilidade de seu pênis, concentrando em algo de tamanho de seu clitóris..

Uau! Imagine. Nada a fazer senão produzir orgasmos e fazer a mulher se sentir bem, é o estimulante sexual da mulher. Veja esse estimulante no vídeo abaixo:

Não se surpreenda de que se queixem quando o ignoramos. E se queixam, porque todos os estudos mostram o mesmo – a maioria das mulheres necessitam de estimulação direta do clitóris para chegar ao orgasmo. E entretanto, obtém o que desejam de nós? Parece que não, porque no estudo da sensibilidade sexual da mulher de Shere Hite, a maior queixa que tem as mulheres é da incapacidade do homem para gastar tempo e a falta de curiosidade em averiguar como querem ser estimuladas. Agora, eu sou um expert. Você quer saber mais, certo? Você quer saber como encontrá-lo, como estimulá-lo fazer cosquinhas e preparar a sua garota para desfrutar dele. Ela o amará por isso, e se resolver tomar algum tempo para perguntar-lhe o que ela quer, ela pode estar querendo dar-lhe uma demonstração de como fica mais gostoso ao modo dela.

Nervo sexual

O clitóris é puro nervo. Apenas a vinte duas semanas de ter sido gerada, um bebê menina já tem formado seu clitóris e esse aspecto é o mesmo que terá quando a menina nascer. O clitóris é como uma pequena coluna grega clássica: se trata de uma estrutura cilíndrica com três seções, freio, corpo e glande. Mas não é fácil identificá-lo simplesmente olhando. As duas primeiras seções, freio e corpo, são subterrâneas, estão ocultas embaixo da pele da vulva. A única parte que se pode ver claramente quando se separa a vulva é a glande que, por sua vez, está em baixo, coberta com a forma da letra A, uma capa formada pela união dos lábios menores.

A glande se parece com o pênis com a forma de coração, mas não tem abertura alguma. Está sobre o corpo do clitóris, que é o que se estende embaixo do tecido muscular da vulva, O corpo, recoberto por uma espécie de traje de látex que na realidade é um tecido fibroelástico, é a parte essencial do clitóris, o que faz dançar as mulheres até o orgasmo, embora as vezes para estimulá-lo basta que acaricie o monte de Vênus.

Como está tão oculto, o clitóris é muito difícil de medir, Em uma bebê recém nascida chega aos quatro ou cinco milímetros, mas cresce quando a mulher cresce até alcançar uma longitude adulta média, desde a base até a glande, de uns dezesseis milímetros. Sua característica mais notável: Não tem nenhuma finalidade prática. É meramente uma face de terminações nervosas, 8.000 para ser exatos, uma concentração maior que a que se dá no resto do corpo em um só órgão, incluídas as pontas dos dedos, os lábios e a língua. Este luxurioso entremeado nervoso (duas vezes maior que o do pênis) é a razão porque as vezes duele, mas também o segredo de seu êxito orgásmico: o clitóris é um órgão puramente sexual.

Como aumentar naturalmente todos os seus níveis de testosterona

A testosterona é um hormônio masculino (no entanto, também está presente em mulheres), regula os sinais de virilidade, libido e crescimento muscular. Está intrinsecamente ligado à energia, sexualidade e ao bom funcionamento do sexo, voz, cabelo, etc.

Como aumentar a testosterona naturalmente? Homens que têm baixos níveis de testosterona podem ter problemas com as coisas que eu mencionei acima.

Antes de escolher métodos radicais, você deve saber que você pode naturalmente aumentar seus níveis de testosterona e as escolhas para fazer isso, não perca! Aqui está uma lista não exaustiva dessas coisas que lhe darão um impulso.

Como aumentar seus níveis de testosterona…

Aumente seus níveis de testosterona com alimentos. Vamos começar com alguns alimentos para evitar, porque eles contêm hormônios bastante femininos. Portanto, é melhor evitar alimentos à base de soja: tofu, soja e leite de soja, e evitar alimentos industriais preparados em embalagens plásticas.

Dietas contendo mais gorduras saturadas e monoinsaturadas aumentariam significativamente os níveis de testosterona (elas são mais eficazes quando a quantidade aumenta). Enquanto dietas ricas em gorduras proteicas ou poli-insaturadas reduzem os níveis de testosterona.

Então as proteínas que são as amigas dos nossos músculos não seriam as amigas da testosterona?

Este nutriente é o menos útil para a produção de testosterona. Além disso, se você preferir proteína em sua dieta, então você vai comer menos gorduras e carboidratos, e eles são verdadeiros amigos da testosterona. É importante não comer muito açúcar simples, porque eles reduzem os níveis de testosterona.

Você também pode aumentar seus níveis de testosterona com estes alimentos e suplementos: amêndoas, atum, camarão, banana, frango, aipo, zinco, ginseng, tribulus terrestris, tongkat ali, etc …

Atividade física para aumentar a testosterona

O esporte, nada parecido para você tonificar e aumentar sua taxa muscular e energética, a longo prazo. Mas e quanto a testosterona? Se você está com sobrepeso, é provável que você tenha baixos níveis de testosterona, por isso, praticar esportes será benéfico em vários pontos.

Para resumir, quanto maior você é, mais enzima aromatase você irá produzir, que por sua vez irá converter a testosterona em estrogênio …

Além disso, o aumento de estrogênio irá sinalizar o seu cérebro para retardar a produção de hormônios sexuais, o que reduzirá ainda mais a produção de testosterona. Bom, não é? Então, pratique esportes!

Prefira esportes intensos como o fisiculturismo, é o mais benéfico para aumentar sua testosterona.

Ter um floreio de vida sexual

Então a pornografia e a masturbação que a acompanham parecem reduzir a taxa de testosterona. A superprodução de dopamina produzida pela visualização freqüente de vídeos pornográficos, a dominação e a agressividade masculina dos atores teriam um impacto negativo nas relações sexuais do lado dos homens.

Estudos sobre este assunto ainda estão em sua infância, mas alguns estudos mostram claramente que a pornografia acentua comportamentos bastante insalubres.

Relações sexuais

Um estudo mostra que homens que tiveram relações sexuais com uma mulher tiveram um aumento nos níveis de testosterona de 72%, enquanto aqueles que assistiram o ato tiveram um aumento de 11%.

Outro estudo mostra os efeitos da falta de vida sexual, em cujo caso os níveis de testosterona dos sujeitos caíram drasticamente. Assim, parece que nada supera o sexo tradicional quando se trata de aumentar seus níveis de testosterona!

Ao dormir corretamente para impulsionar seu testo

As bases de um nível equilibrado de testosterona são dieta, esporte e … sono. Seus níveis de testosterona seguem seu ritmo circadiano, eles estão no alto da manhã (bem, você já sabe disso …) e eles caem silenciosamente no início da noite.

À noite, quando você dorme profundamente, seu sistema endócrino acorda e seu cérebro sinaliza para seus testículos que é hora de produzir MUITA testosterona para o dia seguinte.

Então, se você não dorme o suficiente, você interrompe esse processo. Este estudo mostra a correlação entre o sono e a produção de testosterona em homens saudáveis.

Fontes:

//pt.wikipedia.org/wiki/testosterona

Protetor solar o amigo da pele

Muitas pessoas pensam que protetor solar deve ser aplicado apenas quando vão à praia ou algum lugar como piscina ou rio; mas a verdade é que isso está errado. Claro que você deve utilizá-lo nessas ocasiões, já que vai tomar sol, porém, ele precisa e deve ser utilizado diariamente.

O Sol é muito importante para nossa saúde, e devemos sim tomar sol todos os dias para aproveitar o infravermelho-longo e os benefícios da energia para nossa saúde.

Não é somente o sol que acaba queimando a pele e dando a oportunidade de ser uma porta de entrada para o surgimento de rugas, câncer de pele e envelhecimento precoce.

A luz artificial que fica sobre as nossas cabeças e também a luminosidade do computador na face, é extremamente prejudicial. Isso porque, esta luz artificial queima a pele e também pode causar todos os males assim como o próprio sol. Eu particularmente uso protetor solar todos os dias mesmo quando não saio de casa e não tem sol.

Neste texto você vai entender o porquê o protetor solar deve se tornar seu amigo inseparável e precisa ser usado diariamente. Se você tem dúvidas, vai entender como deve utilizar, saber escolher as melhores marcas, tipos de protetores para a sua pele e muito mais. Confira:

Tipos de protetor solar

protetor solar

Uma grande dúvida que muitas pessoas possuem é saber qual o tipo de protetor solar mais indicado para a sua pele. Por isso acabam não utilizando ou então comprando um protetor solar que não será tão benéfico para o seu tipo de pele.

Então, para quem não sabe qual tipo de protetor é mais indicado para você é só ficar atento ao seu tipo de pele e ao que está escrito nas embalagens. Hoje em dia existe o protetor solar ideal para todos os tipos de pele, desde as peles extra secas até as mais oleosas.

Existem várias designações, como: pele extra seca, seca, normal e oleosa. Portanto, escolha o produto de acordo com o seu tipo e se você tem a pele do rosto muito oleosa e utilizar um protetor para extra seca, por exemplo, com certeza irá estimular as glândulas sebáceas e produzir mais óleo no rosto, contribuindo para o surgimento de cravos e espinhas.
Mas, um protetor solar para pele oleosa geralmente está escrito nas embalagens “oil free”, que significa livre de óleo.

Como e quando usar o protetor solar

Você deve usar o protetor solar diariamente e não apenas no rosto, mas também nas áreas expostas, como braços e as costas das mãos. Isso porque, motoristas que ficam com as mãos e braços expostos todos os dias precisam de um cuidado redobrado.

É necessário passar pela manhã e se for pegar muito sol, devem ser reaplicadas a cada três horas. No rosto, apenas faça movimento circulares e sempre para cima para não enrugar a pele.

Minha dermatologista disse que é importante passar o protetor solar quando acabamos de lavar o rosto, já que a pele absorve mais facilmente.

Marcas de Protetor Solar

Muitas pessoas pensam que somente as marcas caras fazem efeito, claro que elas fazem, mas nos dias de hoje cada vez mais o mercado de cosmético está investindo em novas marcas e com um preço bem em conta.

E elas também funcionam! Portanto, vá até uma drogaria ou uma loja de cosméticos mais próxima de você e adquira já o seu protetor solar para ficar bem longe dos malefícios solares.

Cuidar da pele desde a tenra idade irá te compensar com uma pele jovial na idade madura. Se você nunca usou protetor solar, adquira esse hábito agora mesmo. Afinal nunca é tarde para cuidar da pele.